top of page

Qual é o cheiro da raiva?

Atualizado: 7 de mar. de 2023






Você já parou para pensar que o olfato é o sentido que nos dá informações daquilo que não somos capazes de ver e ouvir? Vivemos mergulhados em cheiros, mas como boa parte deles são sintéticos, não criamos muitas conexões afetivas. Assim como associamos o aroma de uma flor a uma memória dos nossos avós, por exemplo, podemos trazer um cheiro enjoativo para uma memória de que nos desperta raiva. Mas e aí?


A grande questão é entender que podemos manipular e combinar diversos aromas e suas propriedades terapêuticas para trabalhar essas referências afetivas que estão lá no nosso sistema límbico - uma parte do cérebro responsável pelas memórias e respostas emocionais - e tratar padrões de comportamentos, traumas, crises de ansiedade, insônia, corações partidos....


No panteão dos sentimentos, ninguém quer a raiva; geralmente, ela é reprimida. Pega mal se considerar uma pessoa raivosa. E aí os burburinhos internos aumentam. O primeiro equívoco é achar que você é definido por um sentimento, então como a raiva não é bacana você esconda ela tão bem que ela explode por dentro. Na linguagem terapêutica dizemos que a raiva inflama as pessoas. E esse é um dos caminhos de tratamento: desinflamar você.


Outra possibilidade para cuidar da sua raiva é usar óleos digestivos. A raiva afeta diretamente nosso fígado, que numa escala maior afeta nossos olhos e o couro cabeludo. Seria melhor botar a raiva para fora? Depende. O Dalai Lama diz que tudo depende da sua intenção. Se a sua raiva pautar uma ação de mudança ela é positiva, mas se ela simplesmente quiser matar alguém não vai ser legal não...


A raiva traz com ela a irritabilidade, o ressentimento, o descontrole, então para manipular um elixir - que é um blend de óleos com um foco específico - é fundamental entender o momento que você está vivendo, ouvindo a frequência do seu corpo com as tigelas de cobre e a sua narrativa. O corpo físico guarda boa parte das nossas emoções, por isso, cuidamos de corpo, mente e espírito para um tratamento de bem-estar.


Pode parecer que a Aromaterapia é uma tendência moderna, mas os egipcios já estavam usando os óleos essenciais em procedimentos de beleza e medicina há mais de 2500 anos. Até na bíblia você vai encontrar referência dos óleos, como olíbano, mirra, alfazema etc...


Da próxima vez que você sentir raiva, preste atenção no cheiro que aparece. Ele pode dar uma boa pista de onde está o nó do seu sentimento ;)



















Bình luận

Đã xếp hạng 0/5 sao.
Chưa có xếp hạng

Thêm điểm xếp hạng
bottom of page